Logo Bedran 1 1
Logo Bedran 1 1

8 dicas para aliviar a dor lombar na gravidez

Você tem sofrido com dor lombar na gravidez e não sabe mais o que fazer para aliviar o desconforto? Calma, este artigo vai te ajudar!

Embora a lombalgia seja um problema bastante comum na população em geral, ela se torna um incômodo ainda maior nas gestantes. Afinal, não é fácil ter que carregar o barrigão sofrendo com dores nas costas, não é mesmo?

Mas será que a dor lombar na gestação é normal? Você vai descobrir a resposta logo na sequência do texto. Ah, e também vamos ver 5 dicas para diminuir o desconforto na região e melhorar a qualidade de vida da mamãe. Então, vale a pena continuar a leitura!

Dor lombar na gravidez: é normal?

Sim, a dor lombar na gravidez é normal - e bastante comum. Ela ocorre porque, durante o período de gestação, o corpo da mulher sofre alterações significativas em um curto intervalo de tempo. 

Como o útero se expande bastante neste estágio (já que o feto está em desenvolvimento ali dentro), a gestante fica com aquele famoso barrigão. Esse excesso de peso faz com que haja uma inclinação do corpo para a frente, alterando o centro gravitacional e a curvatura da coluna - para que seja possível sustentá-lo em pé.

Com essa mudança repentina, altera-se também toda a estrutura que envolve a coluna vertebral. Sendo assim, os músculos, nervos e articulações ali presentes ficam sobrecarregados. Além disso, as mudanças hormonais provocadas pela gravidez deixam os ligamentos e articulações mais maleáveis, o que também pode causar dor.

Para se ter uma ideia da prevalência da dor lombar na gestação, um estudo publicado na Revista Brasileira de Anestesiologia revelou que 68% das gestantes entrevistadas relataram lombalgia durante a gravidez, sendo que a maioria (43,9%) afirmou que o desconforto teve início no segundo trimestre de gestação.

Tipos de dor lombar mais comuns na gravidez

Apesar de existirem dois tipos de dor lombar na gravidez — a dor pélvica posterior e a dor na região das vértebras lombares —, muitas mulheres costumam sentir ambas.

Atividades simples como subir escadas, sentar em uma cadeira baixa, rolar na cama e até mesmo andar podem desencadear essas dores (principalmente a pélvica) e isso se dá devido a nova flexibilidade do cóccix, que está se ajustando de acordo com o posicionamento do bebê.

Geralmente, a dor pélvica é mais frequente no final da gestação.

Quais são as possíveis causas da dor lombar na gravidez?

Como dito anteriormente, a dor lombar na gravidez é uma das consequências da alteração no centro de gravidade da mulher (graças ao crescimento da barriga), que exige maior esforço dos músculos da região. 

Combinadas com as mudanças hormonais já citadas que também colaboram com o enfraquecimento dos músculos e articulações, a lombalgia pode ir ficando mais intensa à medida que o fim das 40 semanas se aproximam.

Contudo, existem algumas medidas que podem diminuir consideravelmente esses incômodos na região lombar, inclusive no fim da gestação.

Como aliviar dor lombar na gravidez: 8 dicas

Acabamos de ver que a dor lombar na gravidez é normal, por conta das mudanças fisiológicas e anatômicas pelas quais o corpo passa para que seja possível gerar um novo indivíduo em seu interior.

Por outro lado, é importante ressaltar que existem maneiras de evitar e de aliviar as dores na coluna - principalmente na região lombar - durante a gestação. Que tal conhecer algumas delas agora?

1. Exercícios físicos 

Ao contrário do que muita gente pensa, as gestantes podem - e devem - fazer atividades físicas, desde que sejam feitas de forma moderada. Isso porque os exercícios ajudam a fortalecer os músculos e a melhorar a circulação sanguínea, evitando possíveis dores.

Caminhada, hidroginástica e pilates são exemplos de atividades recomendadas para o período de gestação.

2. Cuidados com a postura

dor lombar na gravidez

Como vimos, o centro gravitacional do corpo da mulher grávida é alterado com a expansão do útero. Sendo assim, os cuidados com a postura - apesar de mais difíceis neste período - precisam ser redobrados.

Tente não ficar muito tempo sentada ou deitada na mesma posição, porque isso contribui para o aumento do desconforto na lombar. Uma boa dica é usar almofadas como apoio para a coluna e um travesseiro entre os joelhos quando estiver deitada. Para dormir, prefira deitar-se de lado, preferencialmente para o lado esquerdo.

3. Compressa quente

Tomar banho quente ou deitar-se sobre uma compressa quente aplicada no local (com cuidado, para não provocar queimaduras) também pode ajudar a aliviar a dor lombar na gravidez. Faça isso por cerca de 15 a 20 minutos, de três a quatro vezes por dia.

dor lombar na gravidez

O calor ajuda a relaxar a musculatura e a aumentar o fluxo sanguíneo na região, contribuindo para a diminuição do desconforto.

4. Use sapatos confortáveis

Evite ao máximo usar salto alto na gravidez. Além disso, as sandálias rasteirinhas também não são recomendadas, porque não absorvem os impactos e, assim, acabam sobrecarregando ainda mais a coluna. 

Prefira usar um sapato ou tênis com amortecimento quando for sair, principalmente se for para fazer algum tipo de atividade física, como a caminhada.

5. Sempre dobre os joelhos

Ao se abaixar para pegar qualquer objeto do chão, seja ele pesado ou não, nunca se esqueça de se agachar (dobrando bem os joelhos) antes para minimizar a pressão na região lombar.

Sabemos que, na correria do dia a dia, não costumamos prestar atenção em como nos abaixamos, mas durante a gravidez, é ainda mais necessário ficar atento a sua postura nessas ocasiões.

Também é indicado evitar torcer a coluna de um lado para o outro com frequência.

6. Tenha cuidado ao sair da cama

Pode não parecer importante, mas se levantar da cama da maneira correta pode ajudar tanto a prevenir dor lombar quanto diástase abdominal, sendo importante tanto durante a gravidez quanto no período do pós-parto. 

Então, lembre-se de primeiro rolar para o lado, dobrar as pernas na altura dos quadris e utilizar os braços para se impulsionar  para cima, com as pernas já para fora da cama.

Com essa simples precaução, você já reduz a pressão na sua lombar e em seu abdome.

7. Descanse

É essencial ter uma boa noite de sono e sentar-se para descansar ao longo do dia, já que o ideal é evitar ficar de pé por longos períodos de tempo.

Por isso, sempre que possível, deite-se de lado e apoie as suas coxas e abdome em almofadas e, quando for dormir, coloque um travesseiro entre as pernas e outro para apoiar a barriga (ou, então, utilize travesseiros de corpo). 

8. Peça ajuda aos familiares

Ali em cima, você viu que os exercícios físicos são importantes no combate à dor lombar na gestação, certo? Porém, as tarefas domésticas são bem diferentes. Elas não são feitas com a supervisão de um profissional para verificar a sua postura durante os movimentos, então é melhor pegar leve.

Nesses casos, a compreensão e a ajuda da família são fundamentais. Evite ficar se abaixando (e lembre-se de dobrar os joelhos quando realmente precisar fazer este movimento), carregar pesos, subir e descer escadas. Esses esforços diários costumam fazer mal para a coluna de qualquer pessoa, e mais ainda para a de uma gestante.

Dor lombar na gravidez: quando procurar um médico

De forma geral, não é preciso se preocupar com dor lombar na gravidz, mas existem alguns sinais de alerta que, se surgirem, é necessário buscar ajuda médica o quanto antes. São eles:

  • se a dor for intensa e piorar com o passar do tempo;
  • se for consequência de um trauma na região;
  • se vier acompanhada de febre;
  • se você perder a sensação nas pernas;
  • se sentir perda de força e coordenação das pernas;
  • se sua dor estiver em apenas um dos lados da coluna (o que pode indicar outros problemas, como infecção urinária, por exemplo).

Conclusão

Neste artigo, você pôde confirmar que a dor lombar na gravidez é normal, mas que também é possível aliviar e até evitar o desconforto, desde que a mamãe siga alguns cuidados básicos para a coluna.

Afinal, sabemos que o bebê é um sinônimo de amor e é sempre o centro das atenções, mas a saúde e bem-estar da gestante não podem ser desconsiderados.

Se você quiser saber mais detalhes sobre a lombalgia, veja este conteúdo completo sobre ela: Entenda o que é lombalgia, quais as causas e tratamentos.

Consultas

Você Decide

Escolha o tipo de consulta que atende sua necessidade.

Presencial

Tenha atendimento na clínica

Atendimento acolhedor
Ambiente climatizado
Contato direto com o médico
Agendar

Teleconsulta

Tenha atendimento sem sair de casa

Comodidade
Praticidade e otimização do seu tempo
Atendimento de qualidade e humanizado
Agendar

Agende sua consulta.

Entre em contato e agende sua consulta com o Dr. Daniel Bedran.

Baixe agora o E-Book

Tudo sobre
Hérnia de Disco

    Logo Bedran 1 1
    Unidade Quadril e Joelhos
    Rua Fritz Jacob, 1233, São José do Rio Preto, SP, Brasil.
    Unidade Coluna
    Georgina Business Park - Av Anísio Haddad 8001; Sala 108, Torre Milan Norte.
    Nos acompanhe nas redes sociais
    © 2021 - Todos Os Direitos Reservados.
    Termos de Privacidade
    Desenvolvido por Prospecta.digital
    crossmenuchevron-down